quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Adeus ano velho ♪

Oi cotolengos :*
Vocês não imaginam o quanto fico feliz em dizer que este é o ultimo post do ano. Não que eu não goste de escrever aqui, mas é que eu realmente estou feliz por este ano ter chegado ao fim. *--*
Hoje irei fazer uma espécie de retrospectiva 2009.


Bem, acho que este ano passou longe de ser um bom ano.
Pra começar, perdi muitas pessoas. Vocês não tem noção de quantos idosos morreram aqui na minha rua (incluindo meu avô *cry). Sem falar nas estrelas que faziam nossa alegria nos palcos e nas telas.
Perdemos o Rei do Pop, quem diria que um dia estaria lamentando sua morte.. Michael, finalmente realizou seus sonhos.. Se ver livre das criticas, cobranças e ser uma eterna criança.
Perdemos também recentemente um dos melhores bateristas do mundo na minha opinião, Jimmy (The rev) da a7x. Um cara muito gente boa, que assim como MJ, deixou um vazio em meu coração e de milhares de fãs pelo mundo todo.
Esse foi o ano em que eu mais chorei, mas me senti sozinha, mais precisei de um abraço.. 
Mas por outro lado.. o lado virtual.. Fui muito feliz.. Vandinha Addams foi a melhor coisa que me aconteceu este ano. Com ela aprendi a ver as pessoas por dentro, aprendi a amar e ser amada, conheci amigos que levarei pra vida toda, percebi o sentido do amor de irmão, resumindo a Van é o que eu tenho de melhor agora.. Tenho orgulho de dizer: Eu sou Vandinha Addams, pois ela é o que eu realmente sou.. o que tenho por dentro.


2009 foi um ano de perdas, o ano em que eu me arrependi muito, me deprimi muito..


Por isso, estou feliz que ele tenha chegado ao fim, pois meus sonhos estão renovados, tenho esperança e determinação pra fazer de 2010 um ano melhor.. então que 2009 vá embora de uma vez, que eu quero mais é o ano novo *O*


Feliz Ano Novo!


Beijinhos <3

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Oi cotolengos :*
Estava morrendo de saudades daqui, não escrevi antes, porque estava de castigo '-'

Então, hoje vim falar do Natal *----*
Era pra ser somente a comemoração do nascimento de Jesus, mas com o passar do tempo, foram criadas culturas em cima disso, tais como, Papai Noel, Arvore de Natal, Trenó, Renas voadoras, entre outros.
Todos dizem que maioria dos jovens vão perdendo a tão falada "magia do natal".
Mas e ai eu pergunto: O que seria a mágia do Natal?
E eu mesma posso responder isso.
Nós não sabemos que sentimos ela, pelo menos não, até que pararmos pra pensar..


[mini flash back] 
Eu estava em casa e todos meus amigos virtuais falando: O Natal é uma falsidade.. Presentes, abraços, tudo falsidade, pois quando passa essa época, voltam a ser os mesmos animais de sempre.
Na hora pensei: Eles estão certos, tudo falsidade.
Mas depois me perguntei: Porque as pessoas fazem isso? Alguém as obriga?
[/mini flash back]


Foi ai que cheguei a conclusão de que o que faz nós sermos tão simpáticos, é o espirito de natal, que pode não parecer, mas ele existe e faz toda a diferença.
Vamos combinar, se fosse mesmo tudo falsidade, ninguém iria se sentir melhor depois de receber um abraço, dar ou receber presentes, essas coisas.
O fato é que é tempo de perdoar, esquecer as diferenças e viver o presente :)
Dei uma de fotografa ¬¬'

Feliz Natal a todos, beijinhos :*

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

E eu pergunto com que roupa, eu vou ♪ ← nem gosto dessa musica '-'

Oi cotolengos :*


Hoje eu não sabia o que escrever (pra variar, né), então resolvi falar sobre uma coisa que é mais comum pra mim, do que o fato de eu ter cabelo, a indecisão!
Eu mais do que qualquer coisa, sou muito indecisa. Demoro horas, pra decidir algo e quando decido, mudo de idéia em uma fração de segundos.
Pra vocês terem noção, eu uso um pé de cada calçado, pinto uma unha de cada cor (como na foto ao lado), saio de casa com o cabelo solto e depois prendo ou vice versa; ou quando eu quero ir a algum lugar, mas tem algo muito bom passando na tv (coisa que eu não assisto faz tempo) ou tenho algo muito produtivo pra fazer na internet (o que é raro), eu fico pensando umas 1000 vezes se devo ou não sair '-'
Sim, meu caso é grave, mas o fato é que, eu amo isso XD
Eu sei que eu amo tudo, e aceito tudo, e vejo o mundo colorido o tempo todo (ok, exagerei), mas a indecisão é um dos meus defeitos que eu mais amo *O* q
O que me leva a ser indecisa, é querer sempre que tudo esteja perfeito, ou o melhor possível. Vocês não tem noção de quantas vezes eu editava os posts antes de posta-los, agora estou menos chata pra posts, porque ando sem tempo =/
Mas mesmo assim, edito algumas vezes e leio um monte de vez, antes de posta-los.


Bom, a lição que deixo, é que sei lá, se você não se decide por um, fique com os dois, ou com nenhum (quando se trata de coisas individuais, que realmente deve se escolher apenas um, como um namorado).


É isso, eu sou indecisa e sou feliz *---* q


Beijinhos e até o próximo post ô/ 

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

eeer... '-'

Oi cotolengos :*
Hoje vou postar um texto tosco que ninguém vai entender, mas vou postar assim mesmo.bjs -QQ

Ela era uma menina esquisita, mas acima de tudo especial. No inicio ela sentia medo, muito medo do futuro, do que suas palavras ou seu jeito poderiam causar nas pessoas. Com o tempo ela foi aprendendo a não temer nada, nem ninguém, tornou-se forte e feliz. Pessoas passaram a reparar nela e foram se encantando com sua personalidade. Depois de algumas semanas, era só gritar seu nome, que apareciam pessoas de todas as partes, com inúmeros elogios. O tempo passou e ela sentia que nada poderia ser mais perfeito que aquele lugar, lá ela sentia-se completa, amada por todos ou pelos que realmente importavam.
Como tudo que é bom dura pouco, essa sensação foi embora em menos de 11 meses, e ela passou a se sentir sozinha, mesmo com muitas pessoas a sua volta, era como se ela fosse invisível aos olhos dos outros.
E quando ela resolveu acabar com tudo, com sua vida, deixar tudo, aconteceu o esperado... Ninguém ligou. E sua vida, virou mais uma história que será esquecida em alguns meses.

UAHSUHAUSHAUHSUAHSUAS'
Tosco ?!

Beijinhos :*

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Sorria no presente, pois no futuro você pode estar banguelo.

Titulo sugerido por Demi Lovato Joñas .

Oi cotolengos :*

Desculpe o abandono do blog, mas é que ando bem sem tempo, sabe como é [/ok, talvez vocês não saibam, mas tudo bem ‘-‘], tenho trabalhos, provas e obrigações.

Então, hoje vou falar sobre um assunto que minha professora de biologia vem tratando em sala de aula:
Drogas ‘-‘
No dia 9 de novembro, duas senhoras de um grupo de ajuda aqui da minha cidade, foram lá na aula fazer uma palestra. Eu adoro falar sobre drogas, mas naquele dia fazia 2 noites que eu não dormia, então eu estava com os olhos vermelhos, inquieta, com o nariz coçando (A minha aula tem muita poeira) e falando besteira (ok, isso eu sempre faço).
A palestra começou e elas falaram coisas muito interessantes, uma delas não parava de olhar pra mim, me deu o endereço do grupo de ajuda (Deve ter achado que eu estava drogada), mas vamos ignorar isso e focar no assunto.
Como qualquer adolescente, adoro experimentar coisas novas, mas sou contra qualquer tipo de droga.
Acho que existem muitas maneiras de você ser feliz, sem ter que usar essas coisas.
Praticar esportes, sair com amigos pra dançar, tomar muita coca-cola (Isso me deixa doidona –Q), são algumas das coisas, que dá pra fazer, sem precisar de drogas.
Eu valorizo muito mais minha família e amigos, do que qualquer outra coisa, acho que não é preciso uma garrafa de bebida alcoólica ou um maço de cigarro, pra ser feliz.
Já vi pessoas perderem a vida por coisas fúteis como essas, se tem algo que agente deve valorizar, é a vida, pois ela é curta, e não podemos desperdiçar nem um segundo dela.

Muito bem, é isso, dei minha opinião sobre o assunto, espero que tenham gostado ‘-‘

Beijinhos :*

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O importαnte é ser você, mesmo que sejα estrαnho ♪

Oi cotolengos.. :*
Estava morrendo de saudades de escrever aqui *--*

Hoje vim falar sobre Dia das Bruxas o.O
Sei que já passou, mas essa é uma das minhas datas preferidas.
As pessoas saem de casa fantasiadas para as festas (Nada de "Doces ou Travessuras"/ se bem que seria legal se tivesse isso no Brasil, mas tudo bem), jovens organizam festas na escola, curso ou até na sua própria casa. Pessoas tímidas se soltam depois de por uma fantasia bem assustadora ou sexy -QQ
Acho que a melhor coisa deste dia, é as pessoas se permitirem sorrir mesmo depois de um baita susto.. eer, rsrs
Acho que festas a fantasia são tudo de bom, pois com mascaras ou roupas de um personagem, é que nos sentimos mais livres pra mostrar quem realmente somos.. Parece lamentável ver que o ser humano precisa de uma mascara para se revelar, mas como alguém pode se libertar, se é criticada o tempo todo?
O Dia Das Bruxas é a uma das maneiras mais divertidas de ser você e mostrar que por trás do Nerd, existe um cara gente boa; por trás da Feiosa da sala, existe uma menina incrível..
[/Nossa, não sei como, mas sem querer acabei meio que filosofando o.O']
Acho que isso é um começo.. Acho que o espírito desse dia não é bem esse, mas na minha mente penso como se fosse uma forma de conhecer pessoas de verdade, amigos mascarados que se deixem viver, nem que seja por uma noite.

É isso.. Espero que tenham aproveitado seu dia das bruxas.. E que tenham apreciado meu post sem nexo.. rsrs

Beijinhos :*

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Foi pouco tempo, mas valeu vivi cada segundo ♪ -QQ

Oi cotolengos :*

Hoje vim fazer um post rápido, pois meus dias virtuais estão com as horas contadas, já que daqui a algumas horas é a minha entrega de notas e certamente ficarei de castigo --'

O assunto de hoje é.. Momentos de tensão.. Cartas ô/ -Q
Quem nunca escreveu uma carta que jogue a primeira pedra na cabeça da dona deste blog -Q

Eu particularmente, adoro escrever cartas, aliás eu adoro escrever.. rs
Eu troco cartinhas com a minha amiga virtual Cláudia, ela me mandou uma a alguns meses, eu já respondi, mas com esse negocio de gripe, nem dava pra ir em lugar fechado. Agora que as coisas estão mais calmas vou mandar a carta dela junto com a do Fernando (Saulo) outro amigo virtual..
Ah, eu escrevo cada besteira em cartas, mas eu prefiro cartas, do que telefonemas, pois sei lá, na carta você escreve tudo que você pensa e depois a pessoa te responde e tem toda a emoção de receber [/acho que só eu fico feliz quando recebo].
A primeira carta que a Cau me mandou, eu fiquei esperando dias e a carta não chegava nunca. Até que um dia eu estava na sala e o carteiro abriu o portão, parou na varanda, me olhou, eu olhei pra carta, olhei pra ele e soltei um grito.. Gritei mesmo, o cara abriu "uns olhão" jogou a carta dentro da sala e saiu correndo oO'
HUAHSUAHUSAS'

Mal posso esperar pra receber a carta do Russ e enviar a do Fer. Só espero não ter problemas pra enviar desta vez, pois da primeira vez que fui responder a carta da Cau, eu não sabia a rua e sai perguntando pra todo mundo dentro dos correios, até que um menino me disse um nome estranho e eu coloquei mesmo, mas um véinho me chamou e me deu um livro enorme com todas as ruas de São Paulo, procurei e achei, ufa.

Coisas que só acontecem comigo.. rs

Bom, acho que é isso.. Vou sumir por uns tempos daqui pelo castigo, mas assim que minhas notas melhorarem, eu volto ô/

Beijinhos :*

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O que o pincel falou pra tinta? La vou eu pintar meu cabelinho de novo.

Titulo sugerido por: † .

Oi cotolengos :*

O blog ta bem abandonado né?! =/
Bueno, vou pro post de uma vez.. Se bem que eu nem sei o que eu vou postar hoje [/pra variar].
Tipo, só vim aqui hoje, agora, porque a comunidade onde eu sempre passo a madrugada do findi, está sendo frequentada por seres despresiveis e arrogantes.
Sério, eu realmente não gosto de sentir ódio por ninguém, nem que seja por alguns minutos, mas hoje foi inevitável não desejar que cada um deles morresse sufocado com a própria lingua oO' [/Qiço '-'].
Ah, sabe, eu frequento aquele lugar a quase um ano e derrepente chega um pessoal pra zoar U_U
Esses dias eu estava discutindo sobre o futuro da comunidade, mas o pessoal todo dizia:
Não tem mais jeito.
Só vai piorar...
Ou a pior de todas as respostas:
Concordo :)
...
Tem coisa pior do que você escrever um grande texto sobre o que você acha e também perguntando o que seria bom para o melhor andamento das coisas, e a pessoa colocar um simples "concordo" --'
Isso me deixou muito triste e extressada..

Perceber que estou perdendo uma das melhores coisas que já me aconteceram, destroi meu humor.
Mesmo eu estando triste, eu sempre gostava de ir lá, pois quando eu chegava o pessoal fazia toda dor, tristeza ou qualquer outra coisa, ir embora :)
Mas as coisas mudaram... E pra pior, ninguém mais se respeita, o pessoal que era bom, está desistindo de ir, de tentar mudar as coisas.
Quer saber?! [/não ninguém quer saber]
Eu não ligo para o que eles dizem!
Machuca as ofensas? Sim, mas não é por uma minoria, que vou deixar de ver meus amigos '-'

E com isso tudo acabo levando algumas lições, como:
☺ Não adianta reclamar, sem fazer algo pra mudar, mesmo que seja pequeno ou insignificante perante os outros, mas pelo menos terei tentado;
☺ Não devemos nos deixar levar por uma má fase, esquecer que um dia fomos felizes em lugar, por causa de pessoas que não sabem o que é isso, não vale a pena;
☺ Sempre tenha uma lista de musicas calmas, para evitar surtos;
☺ Respire 3 vezes antes de dizer algo a alguém;
☺ Se alguém te xingar, não se rebaixe ao nível desta pessoa para ofende-la, pois isso não vai te fazer uma pessoa melhor.
Entre outras coisas...


Bom, acho que foi isso, o post foi totalmente tosco, mas é que fui escrevendo o que veio a cabeça :)

Beijos e até a próxima :*

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

A melhor parte de mim, leva meu caminho até você.

Titulo sugerido por Tello Dontell Gallagher

Oi cotolengos *-*
Desculpe o abandono do blog, mas ando meia sem tempo *cry

Hoje vim falar de uma questão muito conhecida, mas ao mesmo tempo muito esquecida:
A fome!
Muita gente quando vai comprar suas besteiras no mercado, não pensa que alguém em algum lugar esteja morrendo de fome... Claro, hoje em dia existem mais obesos do que desnutridos, mas temos que levar em conta, que enquanto pessoas morrem de fome, outras morrem de doenças causadas pela má alimentação.

Quando agente cai na real, e vê que o mundo não gira em volta do nosso umbigo, quase sempre pensamos: Como poderei fazer algo? Será que devo comprar um cachorro quente e dar pra um mendigo? Não sei o que fazer, como faz?
Eu sou uma que nunca sabia o que fazer... Mas agora todo dia quando ligo o pc, faço minha doação virtual, e sem tirar NADA do bolso.
Eu estava participando de uma gincana fake virtual, quando a ultima prova era divulgar um site de doação de alimentos... Achei a prova dificil, mas depois vi a importancia daquilo, a brincadeira era séria, adorei a idéia!
Divulguei em comunidades no orkut, em todos os meus perfis e hoje estou aqui para divulga-lo aqui!
É simples, rápido e gratuito, não demora nada, e você ainda escolhe pra onde quer que vá sua doação!
Mas e quem paga a doação? As empresas participantes!
Você só ajuda com um click!
Então se puder fazer sua parte... Estará ajudando muita gente!
Deixo aqui o link do site!
http://www.cliquealimentos.com.br/site/

Obrigada!
Beijos e até mais :*

sábado, 19 de setembro de 2009

MICHAEL JOSEPH JACKSON

Hoy, estava evitando este post desde a morte dele, mas cedo ou tarde eu teria que falar sobre ele, então que fosse agora ou nunca :)
Ontem enquanto "upava", um tópico que fiz dedicado a ele em uma comunidade fake, um amigo que não via a muito tempo, me disse: "Posta esse texto no teu blog".
Achei uma boa idéia, então estou aqui para postar o texto e o Poema que fiz pra ele ô/

"Este tópico NÃO foi criado em homenagem a "Jacko", mas sim em homenagem ao Pequeno Grande Michael que ensinou ao mundo o verdadeiro sentido da palavra "AJUDAR".
Não admiro apenas sua genialidade nos palcos ou em seus clips, mas também sua maneira de ver a vida, amar a todos e saber perdoar o imperdoável.

Não ligo se vocês não lerem ou vierem xingar... Sei a importância que ele teve em minha vida desde minha infância.
LOVE
"


Poema tosco:
http://1.bp.blogspot.com/_1O88NstxjCo/SrTgh_xTo0I/AAAAAAAAAKk/8rkrUmvfbbA/s1600-h/OgAAALnwY4FI_EW_nE7N6W_cNPnCz1sxMxSuLC1AdMbdeLT37i8wB8V_9cujmd1fnx27WvCdgWD5iuXVvBBJA4PPebUAm1T1UHRKMk997ynIGaH5ARF0Xc_4tbIr.jpg

É isso, foi um post pequeno e rápido, pois meu pc está posuído Ô.O

[/Sei que você não quer ser identificado, mas vlw Bizkit, ok, acabei de te identificar u.u]

Beijos :*

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

13 de Setembro *-*

No ultimo dia 13, eu completei 16 aninhos :)
Bom, resumindo, meu niver foi um lixão... Apenas uma das minhas amigas veio, e nenhum dos meus amigos --' [/sinal que sou muito amada u.u
Assim que minha familia foi embora, entrei no quarto e chorei, muito, litros, poxa... nem minha "melhor amiga" estava lá :s
Mas vamos esquecer essa parte triste, porque assim que abri meus orkut's On&Off, haviam varios recados de pessoas que eu amo e que também me amam, mesmo que a distância [/pelo menos é o que eles dizem '-'

Então hoje irei postar alguns dos recados e depoimentos que recebi de aninversário! Foi a maneira que encontrei de retribuir todo carinho que recebo desses cotolengos, tanto ON, quanto OFF, amo vocês


ON












OFF





É isso... Beijos e até o próximo post :*

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Depois de toda tempestade, vem a calmaria..

Titulo sugerido por Mike Gallagher Hellsing, vlw *-*

Olá cotolengos que ainda lêem meu blog!

Hoje o post ia ser tipo, mega depressivo, eu tava estressada e magoada com algumas coisas, ai comecei a desabafar em um post completamente perturbador... Mas depois, quando fui editar vi que aquilo não tinha nada a ver comigo, o negocio tava punk demais, parecia uma carta suicida [/exagerei].
O fato é que eu acordei do meu transe depressivo e resolvi mandar o post pra lixeira, afinal o fato de eu estar chorando sem parar a dias não interessa ninguém, nem mesmo a mim oO’ –Q

[Post tosco detected]
Bom, vou parar de enrolar e vou falar sobre... Eu nem sei o sobre o que vou falar [/é pra variar].

Já sei, vou contar rapidamente uma teoria que criei, sobre pessoas que não gostam de usar pijama durante o dia e tem medo da morte oO’ –Q
Você gosta de usar pijama? Não? Então você pode ter medo da morte!
Segundo as minhas pesquisas [/ok, eu não pesquisei, mas vamos fingir que pesquisei, só pra ficar mais sério], você morre de medo de morrer [/ok, isso ficou estranho]... Sabe como cheguei a essa conclusão doida e sem nexo? Simples!
Nós ligamos uma palavra a outra, quer ver?! [/vou parar de fazer perguntas U_U]
Pijama = Dormir/ Dormir = Fechar os olhos/ Fechar os olhos = Escuro/ Escuro = Caixão/ Caixão = Morte.
Então se você não gosta de usar pijama, você tem 99% de chance de ter medo da morte!

Eu sei, não faz muito sentido, mas tudo bem[/ou naão]

Beijos :**

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Minha mãe mandou eu escolher... ♪

Aff, ontem foram as olimpíadas de matemática aqui na minha pequenina e amada cidade [/exagerei]. As aulas foram suspensas para melhor andamento da prova. Não era obrigatório fazer, mas eu, como boa aluna que sou, estudei horrores e fui pra aula sabendo toda matéria, pronta pra gabaritar! -NN
Ah, fala sério, essa seria a história que meus pais gostariam de me ouvir contar..

[mini flash back]
Eu cheguei na escola, fui pra minha aula e como de costume, coloquei uma cadeira do lado da minha classe, sentei no meu lugar e coloquei os pés na cadeira, a professora entrou, entregou as provas. Encostada na parede com os pés na outra cadeira, fiz a prova de lado mesmo. Como não estudei nada e aquela matéria parecia grego, fui no bom e velho chute! Claro, também contei com a ajuda de algumas musicas, como "Minha mãe mandou", "Pico, picolé", "Fui morar numa casinha", "Vai descendo na boquinha da garrafa" e por ai vai! [/mini flash back]

As provas das olimpíadas de matemática para o ensino médio, são iguais para todos os 3 graus..
E agora eu pergunto.. Como irei fazer uma prova com um conteúdo que eu nunca vi na vida? --'
Por isso, não me sinto culpada em cantar musiquinhas para marcar uma alternativa. Sinceramente, acho que essa prova só serve pra nos fazer sentir ignorantes e inúteis [/ok, exagerei de novo].
Acho que deviam especificar um conteúdo para cada serie, se fosse assim, eu até tentaria fazer!

Bom, é isso.. espero acertar pelo menos uma, já que gastei todo meu repertório musical nessa prova.. rs [/nossa, como eu exagero oO’]

Beijos :*

sexta-feira, 31 de julho de 2009

,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, ( usando a virgula )

Titulo sugerido por Tello Dontell Gallagher [/ Vlw *-*
Ps.: O titulo naão tem nada a ver com o post =)

Você já parou pra pensar em tudo o que você já fez pelos seus amigos? Ou o que eles fizeram pra você? Já parou pra pensar, em tudo que vocês viveram, e hoje apenas tem vagas lembranças?
Eu não. Mentira, eu sempre penso em tudo isso.
Hoje, por exemplo, eu estava sentada na cama, de camisola rosa [/muito Patty], ouvindo música [/Drive – Olhando pra você/ Vlw pela música, Feê :* -q], não sei por que, lembrei da minha segunda 6ª série [/sim, eu repeti], quando fui colega da Biia. Em especial, lembrei de quando agente se despedia na frente da casa dela, todo dia, religiosamente, nós chegávamos no portão da garagem, e ela me fazia a mesma pergunta:
- Tu vai colocar Piercing?
E eu sempre respondia:
- Não sei!
E estão nós riamos, e nos despedíamos!
Parece mega tosco, mas eu adoro lembrar disso.
Hoje em dia, tenho outras rotinas com ela, e com minhas outras amigas!
Mas sabe, acho que faço parte de uma pequena parte do mundo [/Pequena mesmo], que faz amizades sem esperar nada em troca.
Neste momento você deve estar pensando: "Eu também sou assim", mas acontece, que meu acso é um pouco complicado, vou tentar explicar[/Eu disse TENTAR]:
Sou capaz de ir até o céu para buscar a felicidade dos meus amigos, faço de tudo para vê-los felizes, mas tudo do meu jeito. Não gosto de sufocar ninguém, dou toda liberdade, e não sou nada ciumenta, adoro ver que meus amigos não tem só eu de amiga. Quem vê pensa: "Aquela metida nem deve lembrar dos amigos", mas quem me conhece sabe, que de metida eu não tenho nada, e daria a minha vida por meus amigos verdadeiros. E quando me perguntam: "Tu acha que eles vão fazer a mesma coisa por você?", eu respondo: "Não sei, mas eu realmente, não ligo".
Isso é algo que não dá pra mudar em mim, e eu nem quero que mude, pois eu realmente não gosto de ajuda, prefiro ajudar.
E por não esperar nada, que cada vez mais me surpreendo, de uma forma positiva, com meus amigos. A cada dia eles me deixam mais feliz, me mostrando o quanto gostam de estar comigo!

Não sei onde eu quero chegar com este post, mas gostei de dividir isso com quem ainda lê este blog Crazy!
E acho que é sempre bom lembrar dos bons momentos que passamos com as pessoas que nos rodeiam, e as que já se foram! :*

Beijos e até o próximo post!

Ontem eu vi um porco gigante! *-* -q

Não ligue para o titulo, é que de fato eu vi um porco gigante, mas isso não tem nada a ver com este post [/eu acho].
Você esta cuidando bem da sua mente?[/Que cortada de assunto]
Não, não estou falando do seu penteado! [/eu sei que você não pensou nisso -q]
Vamos fazer um teste [/acredite, enquanto editava este post, escrevi “texte” oO’].
O que você comeu no almoço, ontem? [/ah, ontem eu não quis almoçar/de novo]
Se você demorou pra lembrar, eu acho que isso quer dizer que você não anda tratando bem sua memória [/ou não -q].
Não sei a solução para este problema, mas se você souber, me fale, ou melhor, anote num papel e tatue na minha mão, porque eu vou esquecer.
Sou uma completa esquecida, esqueço as coisas muito rápido, mas por outro lado, tem coisas [/normalmente sem importância], que não esqueço!
Por exemplo: Agora a tarde, eu tranquei a porta dos fundos da minha casa pra tomar banho [/Eu estava sozinha], dei cinco passos, e pensei: “Eu tranquei a porta?”
Mas a alguns anos, eu assisti um filme com Johnny Depp (Devolta a Terra do Nunca, se não me engano é sobre a história do criador de Peter Pan/ adooroo), eu fui olhar os extras e no Making of ele falou "Acredite nos seus sonhos", como você deve ter percebido [/ou não], essa frase não saiu da minha cabeça.
As vezes, eu entro em uma espécie de transe, tudo que me falam durante este pequeno período, eu simplesmente não escuto!
Esses dias, eu estava na aula, e olhei pra janela, depois de uns 5 segundos, meus colegas estavam me olhando, ai disseram:
- Tu tava longe, ein.
Fiquei vegetando no assunto deles.
Mais tarde, minha amiga me falou que eu estava viajando a quase três minutos, disse que meus amigos falavam comigo, mas era como se ninguém estivesse ali, e que eu olhava fixamente pra fora da janela[/sim, eu sou estranha].
Acho que todos fazem isso[/normalmente, para as pessoas normais, não dura mais de um minuto], eu posso viajar por mais tempo, mas acho normal! -n

Tenho notado, no decorrer deste post, que eu sai do assunto, e agora não lembro o meu raciocínio [/sério oO’].
Começou no início, mas terminou sem um fim ♪♫ -s -n -t -q

Também notei, que talvez [/eu disse TALVEZ], o titulo tenha um pouco a ver com o post, pois eu lembrei do porco gigante e normalmente eu nem lembro da minha roupa. [/meu caso é grave.bjs]

Beijos e até o próximo post [/Lê-se tortura -q].

[/sintomuitopelafaltadeposts]

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Naão achei titulo :s

Peço desculpas aos leitores do meu blog, pela falta de posts.
Ultimamente ando sem inspiração e qualquer tentativa de post, seria um grande desastre =/

Hoje, estou aqui, apenas para justificar minha ausência e dividir minha dor com vocês. [/não que eu estivesse com dor de barriga ou algo do tipo]
No dia 25 de maio deste ano, mais precisamente à 1:30 da madrugada de segunda, meu mundo desmoronou, pois meu avô [/Sim, o Homem de ferro do outro post], faleceu no pronto socorro do hospital onde deu baixa, com falta de ar, horas antes.
Já estava chorando a um tempo, pois eu havia ajudado a colocá-lo na maca. Quando meu pai recebeu a ligação avisando o que tinha acontecido, desmoronei, me senti completamente desestruturada. Na hora, não pensei no “Homem de Ferro”, mas sim, no meu avô, no meu herói.
Nunca chorei tanto, quanto chorei naquelas 12hs, que fiquei no velório.
Vendo meu avô, ali, naquele caixão, rodeado por margaridas [/sua flor preferida], não pude esconder meu sofrimento. Por várias vezes, li a frase, que havia em uma das coroas de flores: “Você sempre será nosso herói”, assim como, em todas as vezes que lia, desabava em lágrimas.
Já faz quase uma semana, e ele faz muita falta, não só pra mim, mas também para todos que o conheciam.

Bom acho que é isso, vou deixar uma “mensagem” que fiz para ele.

“Um grαnde homem, minhα estrelα guiα, meu αvô, meu herói, meu αmor, meu tudo. Você merece cαdα lαgrimα que derrαmei, cαdα suspiro de sofrimento, cαdα homenαgem que recebeu. Um exemplo de ser humαno, um grαnde αmigo, um grαnde pαi, um grαnde αvô. Só quero que sαibα, onde quer que eu vá, no meu corαção, você sempre vαi estαr. Te αmo prα todo sempre

Desculpe pelo post tosco!
Beijos e até o próximo post :*

terça-feira, 19 de maio de 2009

Atiim.. oO'

[/Não me pergunte o porque deste titulo, ainda estou me perguntando -q]

As vezes me acho tão patética [/tá e dai?!], hoje eu estava chorando [/uma coisa muito rara], mas o mais ridículo, é que eu não tinha motivos pra chorar. O mais louco, é que quando eu tenho motivos, eu não choro [/não tente me entender].

Ok. Eu sou meia fechada pra essas coisas, não choro, não expresso sentimentos e tals, mas esse ataque de choro, fez eu me perguntar várias coisas, como: "Sua idiota, porque tu tá chorando?" ; "Porque as pessoas não gostam de pessoas estranhas como eu?" ; "Porque eu me perguntei isso?" ; "Qual será a tradução dessa música?" [/ok, essa parte não foi muito reflexiva, mas vamos ignorar este fato, para que este post seja menos inútil '-'].

Após me fazer várias perguntas, algumas idiotas, outras estranhas, eu resolvi sair da frente do pc e ir lavar o rosto, cheguei na frente do espelho [/levei um susto, o lápis e o rimel estavam borrados, minha cara tava pior do que o normal oO'], quando vi meu reflexo, comecei a rir, mas era um riso tão espontâneo, acho que jamais tinha dado uma risada tão gostosa [/eu não sou drogada.ok?!].
Foi ai que percebi, que eu era humana [/Você entendeu o que eu quis dizer], que por mais que eu fosse diferente, eu também podia rir e chorar, sem motivo, porque afinal eu sou o que sou, um choro ou um riso descontrolado, não vão mudar meu jeito de ser.

Acho que é isso!
O motivo desse post infeliz e sem sentido? Não sei. '-'

P.s.: Não estou com a gripe do porco [/H1N1].

Beijos e obrigada por poluir sua mente com meu blog -q

terça-feira, 12 de maio de 2009

Homem de Ferro = Vovô

- Ele acordou bem hoje – Foi assim que a minha avó paterna, me recebeu em uma quinta qualquer, do mês passado.
Eu sorri, e então fui em direção a minha casa. Chegando lá, fui direto pro meu quarto, deixei minhas coisas, lavei as mãos e fui almoçar.
Da janela pude ver meu avô paterno vindo em direção a minha casa, me assustei, pois ele mal levanta sozinho. Minha avó tinha razão quando disse que ele havia acordado bem.

Ok, você não deve estar entendendo nada, então vou explicar [tenha paciência, sou lerda]:
Meu avô, tem duas doenças, Mal de Parkinson e Mal de Alzheimer, ambas atingem o cérebro, danificando a coordenação motora, fala, etc. Normalmente ele não faz nada sozinho, minha avó e meu pai, é quem dão banho, comida, levantam e deitam ele. Ele quase nunca fala, mas quando fala, além da voz sair baixa ele apenas fala coisas sem sentido.
Agora que já expliquei, vou continuar.

Vendo meu avô bem, senti uma alegria tão grande, nem sei como explicar o que senti na hora, mas também veio uma tristeza, pois não sabia quanto aquilo podia durar, ele é muito importante pra mim, tenho ele como um exemplo. Ele sempre foi um “homem de ferro”, suportou todas as dores, educou seus filhos de uma forma tão boa, sinto orgulho de ser sua neta. O que me deixa triste, é ver um homem que fez tantos sacrifícios para o bem estar de sua família, estar deste jeito.
Bom, com doença ou sem doença, continuo vendo nele, o mesmo “homem de ferro”, que supera qualquer coisa com honestidade e muita confiança em si.
O admiro muito e acima de tudo, o amo independente de qualquer coisa. ♥

Bom, espero que tenham gostado, pois eu amei falar um pouco dele.
Beijos e desculpe a falta de posts :*

sábado, 2 de maio de 2009

Hoy!

Não tenho a menor idéia do irei postar hoje! oO'

Depois de vários minutos em silêncio [/Na verdade não está tão silencioso, já que estou ouvindo musica, mas isso não vem ao caso], resolvi falar sobre as diferentes "Tribos" que existem em meu meio ambiente!
Quando era pequena [/Não faz muito tempo], na minha escola haviam poucos grupos, normalmente só existiam os "Mauricinhos" e as "Patricinhas". Fora destes dois grupos tão... ridículos [/pronto, falei], existiam os "Vegetais", que não faziam nada além de puxar o saco dos populares.

Pra falar a verdade, nunca me encaixei em nenhum desses grupos [/E sou mega feliz por isso], sempre fui meia [/totalmente] diferente ou estranha, chame como quiser!
Com o tempo foram surgindo outros, como:
Punk's, Metaleiro's, Hippie's, Pirigueti's, Emo's, e por ai vai...
Mesmo com essa grande variedade de estilos, seguia sem uma "Tribo". Me vi com um pequenino [/Enorme] problema:
Com quem irei me misturar? oO'
Após pensar bastante [/Sou lenta, isso demorou semanas], cheguei a uma única conclusão [/Mais de uma já é pedir demais, para alguém que só pensa as vezes]:
Não preciso de um grupo específico!
Pra que ser de um grupo, se eu posso ser amiga de todos [/ou quase todos]?
Foi ai, que me descobri!

Hoje em dia, sem querer [/Querendo], acabei formando um grupo. Mas não é um grupo só de Rockeiros ou só de Funkeiros, é um grupo de amigos, que independente de um ouvir Rock e o outro Forró, somos unidos por uma única razão:
Somos nós mesmos acima de qualquer coisa!
Nós nos autodenominamos CRAZY'S [/pois ao ver dos outros agimos como tais].
Somos seres vivos, querendo ou não, fazemos parte da mesma espécie, independente de time, religião, cor ou estilo musical!
É como diz uma linda música censurada na época da ditadura militar [/Momento 'cultura não faz mal a ninguém']:
"Somos todos iguais, braços dados ou não."
E é disso que devemos nos lembrar, sempre! =D

Vou parando por aqui, pois este post já está grande demais! [/Pra quem não sabia o que ia postar...]
Beijos = *

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Amigo!

Vamos pular aquela parte do 'Oi, blábláblá', e ir direto ao post. = *
Sabe aquele sentimento, que quando a pessoa vai embora, você fica pensando: "Putz, quando será que vamos nos encontrar de novo?"[/Não tente negar, você certamente já sentiu por uma pessoa ou até mesmo, por várias, talvez até ao mesmo tempo.]
Toda vez que vocês se despedem e cada um vai pro seu lado, no caminho vão pensando: "Foi pouco tempo, mas valeu, vivi cada segundo". [/Talvez não seja bem isso que cada um pense (Até porque isso é uma música), mas com certeza é algo parecido.]
Saudade, é algo que você acaba tendo que aprender a lidar, pois sempre tem uma época que nos distanciamos.
E quando vocês se encontram novamente? Nossa, é muita doideira. Se abraçam, beijam, gritam, falam besteiras e por ai vai.
Também tem aqueles momentos, que você está louco para quebrar tudo, acha que ninguém te ama ou que ninguém sabe o que você realmente sente, fica louco para mandar todos a #$@&*% [/Se é que você me entende. rs]. Você apenas olha pro lado e vê uma simples foto, e nela está aquela (as), pessoa (as) que o fazem tão bem, que quando você está irritado, eles sabem como te acalmar; que quando você está triste, elas sabem exatamente o que dizer para te fazer sentir melhor; que estão sempre ao seu lado, nas horas boas e ruins.
Toda essa doação de amor, carinho e afeto, você só encontra em um único ser: O Amigo!
Ele que independente de qualquer coisa, está sempre disposto a te ajudar, sem receber nada em troca; ele que te decepciona tantas vezes, mas você insiste em perdoar e vice versa; ele que deixa os problemas invisíveis; ele que sempre te poem pra cima, mesmo quando o mundo parece ter desabado sobre sua cabeça; resumindo, não vivemos sem eles e eles não vivem sem nós [/Até porque, se eles são nossos amigos e nós somos os amigos deles, automaticamente um sente falta do outro (Posso ouvir um Óbivio?! oO')].
O fato é que hoje em dia está cada vez mais difícil fazer amigos verdadeiros, mas uma coisa é certa, quando os encontramos, devemos os proteger como protegemos nossas próprias vidas.
Vou parando por aqui.
Ofereço este post, aos meus amigos:
Nath, Predo (Não escrevi errado, apelido.ok), Cadu, Jéh, Hucka, Lola, Hãntonney (É apelido.ok), Bia, Kiba, Mone e Cau.
Apesar de alguns morarem longe pra karai, estão sempre me ajudando com seus concelhos mágicos, me fazendo sorrir, me surpreendendo de uma maneira positiva a cada dia, me fazendo companhia mesmo a distância, me fazendo sentir especial. *-*
Obrigada, por terem chegado e bagunçado minha vida dessa maneira tão saudável. Amo vocês. ♥
Vou deixar outro textinho [/Também pode chamar de poema], porque fiz em homenagem a eles e fala sobre amizade, então certamente tem a ver com este post.

Se nossa amizade fosse um filme.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltariam falas para descrever nossos diálogos.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltariam cenas para interpretar nossos momentos.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltaria tempo para por tudo no seu devido lugar.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltariam lenços de papel para o publico.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltariam musicas para nossa trilha sonora.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltaria pipoca no cinema.
Se nossa amizade fosse um filme...
Não faltaria sentimento para descrever nosso amor.
Se nossa amizade fosse um filme...
Faltaria o final.

By Fernanda Lima .

Espero que tenham gostado!
Beijos e até o próximo post. =}

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Pensando...[/eupensotaá!]

Oi, hoje vim falar sobre o mundo que vivemos!

Os últimos anos foram marcados por muitos acontecimentos ruins.
Hoje em dia, vivemos em uma espécie de 3ª guerra mundial, mas diferente, das outras duas guerras, essa é contra nós mesmos.
A cada dia a vivencia em um mundo de injustiças, como o nosso, torna-se mais difícil a cada entardecer. Temos, sim, muitas riquezas naturais, belezas e qualidades, em nosso planeta, mas todo esse brilho é ofuscado pelo vazio que há em nós.
Seres tão racionais como os humanos, não abrem os olhos para o que realmente está errado.
A verdade é que, o mundo que vivemos, é um mundo triste, onde sangue dos inocentes sacia a sede dos maus.

Bom, é isso!
Vou deixar um textinho [/podechamardepoemasequiser], porque acho que tem a ver com o tema do post [/ounão]


Meu mundo perfeito

Meu mundo perfeito virou mais um inferno, onde a prioridade é somente a falsidade.

Meu mundo perfeito virou mais um purgatório, onde a infelicidade reina sobre um rio de tristeza.

Meu mundo perfeito virou mais um túmulo, onde a vida pertence somente aos morcegos.

Meu mundo perfeito virou mais um hospício, onde a liberdade não passa de ilusão.

Meu mundo perfeito virou mais um lugar, onde o sangue dos anjos alimenta o coração seco dos demônios.

Meu mundo perfeito não existe mais, e dele só restaram lembranças, que o tempo já está tratando de apagar.


By Fernanda Lima .


Acho que pensei oO’
Beijos e até o próximo post [/dakiaumsédulo.rsrs]

domingo, 12 de abril de 2009

I miss you...

Olaá, hoje vim aqui falar sobre saudade, um sentimento que tem me sufocado dia após dia [/Que coisa mais emo].

Nós humanos nos apegamos tanto a certas coisas ou pessoas, que quando nos desligamos delas, acabamos sendo corroídos pela saudade.
A necessidade de um abraço, carinho, conselhos, entre outras coisas, nos levam a aproximação de pessoas que nos completem.
Muitas vezes as pessoas, cujo nos aproximamos, são tão especiais, que não precisam nem falar algo para nos fazer sentir melhor, apenas a presença delas já nos faz bem.
Quando nos apegamos aos amigos, é difícil imaginar sua vida sem eles, o que torna uma separação muito mais difícil.
Dizem que só damos valor as pessoas que amamos, quando as perdemos.
Depois que nossa ‘outra metade’ se afasta de alguma forma, temos que aprender a lidar com a constante solidão.
Por mais que estejamos rodeados de pessoas, nenhuma se compara a companhia daquela amizade especial.
É difícil, mas passamos a nos acostumar apenas com cartas, emails, recados, entre outros.
Os abraços, carinhos, conselhos, ficam apenas na nossa lembrança, os dias parecem tão monótonos, nada mais tem graça.
Toda vez que revemos esse amigo (a) tão especial, é como um misto de sentimentos, nos sentimos felizes e tristes, ao mesmo tempo, felizes por estar vendo alguém tão importante, tristes por saber que esse alguém poderá desaparecer novamente sem aviso prévio.
Por varias vezes, nos pegamos chorando, por estar lembrando de tudo que vivemos de bom, ruim, engraçado, e tals.
A saudade faz parte da natureza humana, e todos devemos saber lidar com ela, pois querendo ou não, teremos que enfrenta-la.

Bom, é isso, espero que tenham gostado!
Beijos e até a próxima =)

domingo, 5 de abril de 2009

Womanizer ♥ Glit.siz

Olaá!

No post anterior prometi que este seria mais completo.
[/Sei que não vai ser tão completo, mas gostaria muito de fazer esta homenagem]
Desde que fiz esta promessa, comecei a pensar várias coisas para postar aqui, até que hoje resolvi falar sobre um amor ON [/Offs, irão vegetar muito!]. Tudo por causa da seguinte declaração de amor, feita pelo meu ‘irmão’ ON (Womanizer), para sua amada ON, Glit.siz:

Gli.tsiz EU TE AMO
leembra quando agente se conheeceu amr ? , fazeendo a dança dos bracinhos POASDOPASDOPOP' era um comédia né ? , depois disso agentee foi se conheecendo, eu crieei meu primeiro tópico pra vooc , *O* , falandoo que te amo mais como amizade,
deepois eu fuui te conhecendo meelhor, e a cada dia quue passava meeu carinho poor vooc aumentaava, aquuele seu jeito carinhoso e engraçado me conquistava a cada dia maais ,eeu não sei nem a quanto teempo agente se conhece amr, maais hooje eu eu crio esse TPC pra falar definitivamente o que eu sinto poor voocê, glitsiz, eu te amo eu soou apaixonado poor vooc
naamoraa comigo ?

*-*
Lindo né?!
Me emocionei com cada frase, pois senti verdade naquela declaração. Mesmo sendo um amor ON, confesso que afetou meu OFF de uma maneira que jamais pensei que um dia fosse afetar, pude sentir o amor dos dois.
Percebi que seja qual for o amor, ON ou OFF, sempre será verdadeiro se houver confiança.
Sei que pode parecer besteira, mas aquele tópico, mudou minha vida, de uma forma ou de outra. E é por isso que ofereço este post OFF para este casal ON.

Womanizer & Glit.siz

Amo vocês

*-*

Bom, por hoje é só, foi um post homenagem ao amor dos dois, mas espero que tenham gostado!

Beijos e até a Próxima!

[/Desculpaseficoumeiotosco,masédecoração]

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Hora do Conto!

Ola!
Ando mais atoa do que nunca, então vim fazer um post meio diferente dos anteriores.
Hoje vou postar uma pequenina história narrativa, sem titulo, que está meio sem fim, mas adorei ela!
Não sei de onde tirei inspiração para escreve-la, pois é diferente de tudo que já vivi (Velha de 100 *parei).
Muito bem vou parar de enrolar e vou postar logo (Acho que agora posso ouvir um aleluia... ou não).


Untitled
[sem titulo]

A espera acabou, após semanas de angustia e incerteza, ele pediu para me ver. Mal posso esperar para dizer o quanto sinto em vê-lo assim.
Chequei no quarto, ele estava lá, tudo envolta era branco, como em qualquer outro hospital, a aparência e o frio de quarto, não fazia diferença. O que importava realmente estava na cama, deitado, se afogando em suspiros. Ele estava fraco, quase não contive a emoção. Me aproximei, ele sorriu, segurei em sua mão e pude sentir o pouco de calor que ainda restava em seu corpo.
Enquanto me perdia em seu olhar, lembrei de nossa infância. Por algum momento me senti como aquela menina do olhar brilhante e rosto rosado. Vi nele o garotinho levado, que sempre me ajudou.
Assim, ficamos por um bom tempo, era como se tudo que havia para lhe dizer, tivesse sido apagado da minha mente.
Quebrando o silêncio, a enfermeira falou:
- Seu tempo acabou!
Nos olhamos pela ultima vez, lágrimas dos meus olhos escorreram, ele então sorriu e disse:
- Minha menina!


FIM

Não consegui achar um fim pra ela, mas espero que tenham gostado!
Prometo que o próximo post será mais completo!

Beijos e até a próxima!
[/woma,sentireisuafaltamaninho*parei]

domingo, 22 de março de 2009

O que realmente importa

Oooolaaaaá [futebol]

Estou aqui, postando duas manhãs seguidas (Posso ouvir um aleluia?!), minhas besteirinhas!
Hoje vim falar sobre o que há de mais importante na vida!
Você já parou pra pensar no que realmente importa?
Eu não! (Quem perguntou? Oo)
Pelo menos não até hoje!
Comecei a pensar em tudo (É de se espantar, que eu esteja pensando tão seguidamente), em cada pequena coisa...
Pensei na minha família: Sem eles certamente não existiria.
Depois pensei nos meus amigos: Com eles passei por momentos inesquecíveis.
Em seguida foi a vez de pensar na minha tão amada música: Como já disse no post anterior, não vivo sem!
Pensei também na internet: Fiz amigos tão verdadeiros quanto os que conheço pessoalmente.
Por último pensei em tudo que já vivi, tudo que deixei de viver: Foi nessa parte que eu demorei mais tempo pensando (Quase faltou neurônio Oo).
Após este momento ‘vale a pena ver de novo’, cheguei a conclusão que o que realmente importa pra mim, não é a minha família em si, meus amigos me fazendo companhia, ouvir música todo tempo ou até mesmo ficar conversando via internet. Percebi que o que realmente importa, é o sentimento, a admiração pela minha família, o amor pelos meus amigos, a paixão pela música, a amizade virtual, e o principal, o prazer em viver a vida!
Não adianta, ter amigos, família, internet, mp3(4,5,6,...), sem sentir prazer em viver!

É por isso que eu sempre digo:
Coloque o amendoim no buraco do amendoim (Hein?oO)




Bom, acho que é só (Eu insisto em falar acho, mesmo sabendo que tenho certeza que acabou)!
Beijos e até o próximo post!

By Fernanda Lima .

sábado, 21 de março de 2009

Música

Tem coisa melhor que música? (Um depravado certamente responderia que sim, mas vamos ignorar isso)
Não faço a mínima idéia de quem inventou a música, a única coisa que eu sei é que não sei viver sem ela!
Pensa (Em mim, que eu to pensando em você♪) em tudo o que você viveu... Penso? (Não precisa pensar em tudo né?!), agora me responde, alguma coisa que já te aconteceu ficou sem uma trilha sonora? Claro que não!
Seja tosca ou mais romântica, sempre tem uma música (Eu poderia cantar "Uma música" do Fresno, mas não gosto deles) que quando você escuta se lembra daquele momento especial ou horrível que você viveu!
Por exemplo:
O amor da sua vida vai se casar, e você não é a noiva: McFLY - Bubble Wrap
Ninguém te entende: Simple Plan – Welcome to my life
Brigou com o namorado: Paramore – That's What You Get
Seu amor mora longe: A Day To Remember – If It Means A Lot To You
Quem cantar desafinadamente: Mariah Carey – Hero
Quer quebrar tudo: Slipknot – Duality
Quer refletir: Legião Urbana – Pais e filhos
Quer ouvir uma voz boa: The Fray – Over My Head
Quer relaxar: Travis – Closer
Ta afim de ouvir algo do Brasil: Cazuza – Exagerado
Quer dançar: Katty Perry - Hot 'N Cold
Quer rir com algo de qualidade: Mamonas assassinas – Uma Arlinda Mulher
Quer ser feliz: Escute sua música preferida!

Tudo (Certo, como 2 e 2 são 5 ♪) tem trilha sonora!
Viu?! Nós vivemos de música!
Não importa se eu estou (De volta pra casa ♪) na rua ou em qualquer outro lugar, o que importa é que eu estou ouvindo o que eu gosto!
Somos movidos a esse som que nem sempre é bom, mas que quando cola na mente não há jeito de tirar.
Eu amo ouvir música, e não abro mão disso!
A música é muito mais do que vozes e sons...
Com ela você chora (E fica em casa só contando as horas ♪), ri, lembra de tudo que você viveu e ainda viaja por um mundo perfeito(In a perfect world ♪) feito somente dos seus sonhos!

Por isso que eu digo e repito:
O Linux é melhor que o Windows (oO)

[voz sexy]Beijos e até o próximo post[/voz sexy] oO


By Fernanda Lima .

quarta-feira, 4 de março de 2009

Caixinha de recordações

Quem nunca teve uma caixinha destinada as suas recordações, que atire a 1ª pedra (Ah, cala boca, tu teve sim)!
Todo mundo já teve, não adianta, todo mundo tem ou já teve uma dessas, pode ser uma caixa, uma sacola (oO), uma mochila, uma gaveta, uma estante, até um quarto ou uma casa (Isso já é pra gente rica).
Eu acho que quem não teve agora tem, ou quem não tem já teve e vai ter de novo! (Resumindo, todo mundo tem)
Esses dias, resolvi fazer uma. (Não me diga?!)
[voz da xuxa]Primeiro peguei uma caixa de sapato em ótimo estado, adesivos, cola, uma tesoura sem ponta, e minhas lembranças[/voz da xuxa] (Óbivio).
Enfeitei toda a caixa, deixei ela a minha cara (♪Remelenta e estronxada, num bar entregue as bebidas♫ *parei), fico tão fofinha (*-*).
Separei todas as minhas lembranças, e o mais incrível (Não é tão incrível, mas é estranho),eu lembrava de cada bilhetinho, de cada cartinha, de cada mínima coisa, sabe (♪Já faz tempo, que eu queria te falar♫ *parei), foi muito bom lembrar de tudo aquilo.
Isso me deu vontade de viver cada vez mais, e ter muitas recordações pra por naquela caixa (Na verdade terei que fazer outra, porque essa já ta explodindo).
Agora toda vez que me sinto triste, abro aquela caixa e parece que tudo vai embora, como se a caixa absorvesse tudo (Igual a um absorvente) de ruim e me deixasse mais leve (Igual ao efeito de um laxante, só que sem a diarréia).
Por isso eu recomendo:
Use filtro solar (Hã?).
Devemos recordar sempre (Nem sempre, porque não vai ser legal você se lembrar do seu ex quando estiver na sua Lua de Mel, mas isso não vem ao caso)
Recordar é viver (Expressão idosa).
Acho que é isso! (Na verdade eu tenho certeza que acabou, mas falei que acho pra criar um mistério, o que não adiantou)
[voz sexy]Beijos, e até o próximo post![/voz sexy]

Fui...(♪Mora numa casinha, nhá, nhá, infestada, da, da, de cupim, pim, pim♫ *calei)



By Fernanda Lima .

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Loucos

Esses dias eu estava pensando (É, eu penso, raramente, mas penso) em tudo o que eu já fiz de loucura. Aí me perguntei (Não em voz alta, se não iriam pensar que eu surtei): "O que é ser louco?"
Certamente, o dicionário me responderia: adj., que perdeu a razão; doido; alienado; insensato; e todos esses blá, blá, blá's de nerd entediado.
Mas eai? É só essa resposta que existe no mundo?
Talvez ser uma pessoa louca (Animal, ET, ou qualquer outro ser vivo), é ser alguém fora do padrão estabelecido por aqueles caras que usam um óculos de fundo de garrafa e talz.
Mas, e porque criar um padrão? Ninguém é igual! E é por isso que eu não sigo essas regras, do tipo: Não pode sair sem dar tchau (Já fui, meu bem), Postura correta (A minha é igual a de um camelo), Só se usa roupa que está na moda (Minha moda faço eu), Não fale errado (Báh TchÊ, logo pra quem vai dizer isso), entre outras caretices.
Quando dizem que sou louca, não me ofendo, pelo contrário, agradeço, sinal que sou única, e não mais um xerox!
E daí se eu falo estranho? E daí se eu uso roupas que ninguém usa? E daí se eu gosto de usar uma gravata do Mikey na escola? O que as pessoas tem a ver com o que eu faço ou deixo de fazer? Sinceramente, eu acho que nada!
Se loucura é dispensar rótulos, vestir o que gosta, falar do seu jeito ou até mesmo usar uma gravata do Mikey(Isso é uma questão de ponto de vista), então eu realmente acho que ser louco é a forma mais legal, de ser feliz!
Pense, reflita e se você for um pouco lento, pense de novo, porque fala sério, ninguém merece ser mais uma marionete, na mão desse maldito mundo moderno (Ou dos véios com óculos fundo de garrafa e calça no meio da barriga Oo) !
Acho que vou (Acho não, tenho certeza), desculpe pelo desabafo, mas se não quiser ler também não lê(¬¬)!


BjÔs e até o próximo post!


By Fernanda Lima