quinta-feira, 2 de abril de 2009

Hora do Conto!

Ola!
Ando mais atoa do que nunca, então vim fazer um post meio diferente dos anteriores.
Hoje vou postar uma pequenina história narrativa, sem titulo, que está meio sem fim, mas adorei ela!
Não sei de onde tirei inspiração para escreve-la, pois é diferente de tudo que já vivi (Velha de 100 *parei).
Muito bem vou parar de enrolar e vou postar logo (Acho que agora posso ouvir um aleluia... ou não).


Untitled
[sem titulo]

A espera acabou, após semanas de angustia e incerteza, ele pediu para me ver. Mal posso esperar para dizer o quanto sinto em vê-lo assim.
Chequei no quarto, ele estava lá, tudo envolta era branco, como em qualquer outro hospital, a aparência e o frio de quarto, não fazia diferença. O que importava realmente estava na cama, deitado, se afogando em suspiros. Ele estava fraco, quase não contive a emoção. Me aproximei, ele sorriu, segurei em sua mão e pude sentir o pouco de calor que ainda restava em seu corpo.
Enquanto me perdia em seu olhar, lembrei de nossa infância. Por algum momento me senti como aquela menina do olhar brilhante e rosto rosado. Vi nele o garotinho levado, que sempre me ajudou.
Assim, ficamos por um bom tempo, era como se tudo que havia para lhe dizer, tivesse sido apagado da minha mente.
Quebrando o silêncio, a enfermeira falou:
- Seu tempo acabou!
Nos olhamos pela ultima vez, lágrimas dos meus olhos escorreram, ele então sorriu e disse:
- Minha menina!


FIM

Não consegui achar um fim pra ela, mas espero que tenham gostado!
Prometo que o próximo post será mais completo!

Beijos e até a próxima!
[/woma,sentireisuafaltamaninho*parei]

Um comentário:

J. Blanca disse...

nem precisava escrever mais pra transmitir tanto sentimento, mas saber o que os levaram a isso e o que veio depois, seria interessante!