sexta-feira, 29 de maio de 2009

Naão achei titulo :s

Peço desculpas aos leitores do meu blog, pela falta de posts.
Ultimamente ando sem inspiração e qualquer tentativa de post, seria um grande desastre =/

Hoje, estou aqui, apenas para justificar minha ausência e dividir minha dor com vocês. [/não que eu estivesse com dor de barriga ou algo do tipo]
No dia 25 de maio deste ano, mais precisamente à 1:30 da madrugada de segunda, meu mundo desmoronou, pois meu avô [/Sim, o Homem de ferro do outro post], faleceu no pronto socorro do hospital onde deu baixa, com falta de ar, horas antes.
Já estava chorando a um tempo, pois eu havia ajudado a colocá-lo na maca. Quando meu pai recebeu a ligação avisando o que tinha acontecido, desmoronei, me senti completamente desestruturada. Na hora, não pensei no “Homem de Ferro”, mas sim, no meu avô, no meu herói.
Nunca chorei tanto, quanto chorei naquelas 12hs, que fiquei no velório.
Vendo meu avô, ali, naquele caixão, rodeado por margaridas [/sua flor preferida], não pude esconder meu sofrimento. Por várias vezes, li a frase, que havia em uma das coroas de flores: “Você sempre será nosso herói”, assim como, em todas as vezes que lia, desabava em lágrimas.
Já faz quase uma semana, e ele faz muita falta, não só pra mim, mas também para todos que o conheciam.

Bom acho que é isso, vou deixar uma “mensagem” que fiz para ele.

“Um grαnde homem, minhα estrelα guiα, meu αvô, meu herói, meu αmor, meu tudo. Você merece cαdα lαgrimα que derrαmei, cαdα suspiro de sofrimento, cαdα homenαgem que recebeu. Um exemplo de ser humαno, um grαnde αmigo, um grαnde pαi, um grαnde αvô. Só quero que sαibα, onde quer que eu vá, no meu corαção, você sempre vαi estαr. Te αmo prα todo sempre

Desculpe pelo post tosco!
Beijos e até o próximo post :*

2 comentários:

Rafa Cullen disse...

Hey. Primeira vez que eu comento aqui. Poxa, sinto muito pelo seu avô. Mas não fique assim, as pessoas que realmente amamos nunca nos deixam, e isso não é papo furado pra consolar, é verdade. Ele vai estar sempre com você, por mais que não possa vê-lo, e vai sempre te amar como você o ama. Fique bem. Beijinhos ;*

Jerri Dias disse...

É sempre muito triste perder às pessoas que amamos e quase nada do que algué pode dizer fará sentido pra apaziguar nossa dor.

Fica aqui meus pêsames e contentamento em saber que você amava o seu avô.

Abraço.