domingo, 28 de outubro de 2012

Oi, lindos.

Faz bastante tempo que eu não venho aqui, mas eu vim! O fato é que com esse lance de ENEM eu ando bem sem tempo de fazer as coisas que eu mais gosto, no caso, escrever aqui.
Na semana passada, eu fui rapidamente a Porto Alegre com a minha turma de PJM (Pastoral Juvenil Marista) para participar do EJM (Encontro de Juvens Maristas ou algo assim), eu poderia dar uma descrição detalhada sobre esse encontro, mas prefiro deixá-lo apenas na minha memória e dos que foram, foi um daqueles momentos especiais que a gente só quer lembrar, sabe.
Ontem eu fui em uma junção da turma e foi realmente divertido, já estou com saudades deles, vão fazer falta demais. O mais estranho foi acordar no dia seguinte, me senti naquele filme "Se beber, não case" hahaha.
Eis que eu acordo no chão do meu quarto, com um ventilador desligado ao meu lado, meu colchão estava fora do lugar e sem lençol, meu celular estava embaixo da cama, a porta estava escancarada e eu estava tapada com um pedaço do meu cobertor. Fui pra aula de reforço do ENEM ainda na brisa, na volta peguei um taxi, pois o céu estava caindo de tanta chuva. Quando cheguei na minha rua, o taxi parou próximo a calçada, mas havia aquela clássica água podre de chuva passando por todo cordão da calçada, tentei pular ela (tipo uma ninja, sabe), mas acabei caindo com tudo dentro da mega poça, nadei no rio negro. O pior foi ter entrado em casa toda fedida, ensopada e a chuva ter parado, o sol apareceu e dava até pra ouvir pássaros cantar. Quando entrei no facebook, lá estavam as fotos da junce, não preciso nem comentar que eu estava super louca em todas. Comecei a juntar peças e descobri que eu estava no chão, porque fui fazer xixi de madrugada e quando voltei simplesmente me joguei no chão, com muita vontade, aí dormi, só que antes disso, eu busquei um ventilador no quarto da minha mãe, e deixei lá no chão do quarto ele desligado. Lá pelas tantas me deu frio e eu puxei meu cobertor da cama, mas o colchão veio junto, aí me tapei só com um pedaço do cobertor pro colchão não cair, nisso o meu celular deve ter caído no chão e o lençol se desprendido. De qualquer forma, me diverti bastante e realmente vou sentir muita falta dessa gente chata e bêbada.

Beijos, queridos ♥